Prefeitura e Cohapar vão reapresentar projeto para a construção de 100 casas em Contenda Documentos já haviam sido proto

Publicado em: 09/03/2018 16:30 | Fonte/Agência: Comunicação | Autor: Alessandra

Whatsapp

 

Prefeitura e Cohapar vão reapresentar projeto para a construção de 100 casas em Contenda
Documentos já haviam sido protocolados no Ministério das Cidades e serão adequados após publicação de novas diretrizes do programa Minha Casa Minha Vida. 
Preocupado com a crescente demanda por moradias em Contenda, o prefeito Carlão visitou a sede da Cohapar nesta segunda-feira (26). Em reunião com o presidente da companhia, Abelardo Lupion, foram tratados detalhes sobre a possibilidade de construção de 100 novas casas populares na cidade.
As unidades fazem parte de um projeto já protocolado anteriormente no Ministério das Cidades para captação de recursos do Fundo de Arredamento Residencial (FAR), que atende famílias com renda mensal de até R$ 1.800. Com a publicação de uma nova portaria do órgão sobre o FAR em 14 de fevereiro, os órgãos pretendem adequar o projeto às novas diretrizes do programa para conseguir os investimentos, que superam R$ 6 milhões.
“Desde 2011, o Paraná tem sido destaque nacional na obtenção de recursos do programa Minha Casa Minha Vida pela qualidade dos projetos apresentados e o modelo de gestão adotado pelo Governo do Estado”, afirma Lupion. “Com esta nova oportunidade aberta pelo Ministério das Cidades, estamos articulando junto às prefeituras à ampliação da política habitacional paranaense, que nos últimos sete anos já beneficiou mais de 105 mil famílias”, conclui o presidente da Cohapar.
FGTS – Famílias da cidade com renda superior a R$ 1.800 também deverão ter a chance de adquirir uma casa própria com condições facilitadas de financiamento. Isso porque a Prefeitura de Contenda apresentará nas próximas semanas um pedido para que seja desenvolvido um projeto com financiamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
“A ideia é contemplar aquelas pessoas que possuem uma renda um pouco mais elevada, mas que também precisam da ajuda do poder público para realizar o sonho de ter uma moradia”, comenta Carlão.
A reunião foi acompanhada pelo superintendente de Relações Institucionais da Cohapar, João Naime Neto, e a arquiteta da prefeitura Ana Elisa.


Leia também